O poder das palavras.

  Usar as palavras de uma forma inteligente não é muito complicado, o complicado é ser interpretado da maneira correta. Uma critica positiva pode ser simplesmente confundida com inveja, um desabafo com bajulação à outros povos e países, enfim qual o verdadeiro poder das palavras, quem há de saber.
  Escrevendo de forma confusa, passando sentimentos, criticando a sociedade ou até mesmo elogiando algum ato, palavras quando bem usadas causam repulsa as mentes limitadas. O limite da mente é imposto por diversos fatores, religião, indiferença, ignorância, talvez até mesmo cansaço. Limites intelectuais existem para serem rompidos, existe muita coisa nova a todo momento, mas onde anda a curiosidade das pessoas, onde anda o poder de escolha e a formação de opinião, redes sociais, com um uso tão amplo e de comprovado sucesso ao redor do mundo serve apenas para fuçar a vida alheia e postar futilidades, não ter tempo para ler porque está na hora da novela, ou aquele jogo que passou a dominar vidas e escravizar mentes apenas em seu objetivo.
  As palavras podem dizer isso e muito mais, mas a mesma palavra que passa uma opinião pode começar uma guerra psicológica entre aqueles que repetem: "É sua opinião, não posso mudar..." E em seguida começam a impor ideologias politicas, musicais, religiosas, consumistas e caminha por ai. As palavras que muitas vezes passam calma e sensatez, as vezes têm que ser firmes e causar certo constrangimento e choques culturais, afinal, tudo isso se encaixa no poder das palavras.

Comentários

Postagens mais visitadas