Oportunismo, mas pode chamar de jeitinho brasileiro.

  Durante décadas, porque não dizer desde a chegada dos primeiros colonizadores, o povo brasileiro foi condicionado em acreditar em mentiras e a duvidar da verdade. O tempo passou e as mentiras passaram a fazer parte de grandes grupos que até os dias atuais dominam as mais variadas expressões da imprensa. Brasileiro é basicamente o tipico malandro otário, o povo esperto que ninguém passa pra traz, tira proveito de tudo e vive como já sabemos, pagando uma das mais altas taxas tributárias do mundo, sem acesso digno a educação, saúde, segurança e claro caindo na lábia dos idiotas, serve também para políticos.
Foto retirada de algum anuncio de alguém que não esta sorteando, mas vendendo o carro em questão.
  Nas ultimas semanas, mais uma vez tivemos um surto de oportunismo no Facebook, uma falsa página da Honda promete o sorteio de um Civic que acabou de passar pela revisão dos 40 mil quilômetros, primeiramente a página foi criada a menos de um mês, como se a Honda não tivesse interesse na rede social anteriormente e não contasse com mais de 1 milhão de fans, e por qual motivo a Honda sortearia um carro usado? É realmente as pessoas mudam de rede social, mas não de modo de agir. 
Reação de algumas pessoas ao serem alertadas sobre o golpe.



  Quando tudo isso ainda parecia um absurdo, eis que encontro uma página imitando a Hyundai, desta vez o sorteio aparenta ser mais verdadeiro, um HB20X lançado a pouco tempo, salvo pequenos detalhes o carro é semi-novo e a página foi criada exatamente no mesmo dia em que foi criada a da Honda além de contar com as mesmas características e claro, a verdadeira página da Hyundai assim como a da Honda alertam sobre essas falsas fanpages,

Falso sorteio da Hyundai.


  
  O pior de tudo, é que todas essas histórias são recorrentes, o que aflora mais uma vez a falta de memória do povo brasileiro. No início eram os Iphones que não poderiam ser comercializados por estarem sem película de proteção, hoje chegamos aos carros usados e o que será que vem depois? Frutas sem casca? Apartamentos sem janelas?  Façam suas apostas, o jeito brasileiro de acreditar nas coisas fáceis é oportunismo, oportunismo que gera cada vez mais oportunismo e que ferem os sentimentos de quem é enganado tentando ser mais um esperto.

E tudo começou assim.



Comentários

Postagens mais visitadas