A geração perdida se encontra.

Imagem do Facebook, mostrando o verdadeiro motivo das manifestações.
  Há muito tempo ouvimos que vivíamos uma geração perdida, onde o conformismo e a falta de perspectivas tomava conta, aliás o que faríamos para mudar nosso país, tudo parecia tão igual, não existia esperanças e nosso país era eternizado como país do futebol, do jeitinho, da corrupção em todas as camadas da população, enfim eramos a nação do "o que adianta lutar, nada vai mudar", mas felizmente tudo começou a mudar e a fazer sentido.
  Enganam-se os que pensam que são "apenas" os 20 centavos do aumento da tarifa no transporte público, afinal no fim do mês a soma é muito maior para o trabalhador, mas o verdadeiro foco dos protestos é a falta de saúde, educação, segurança, impunidade, corrupção e uma da mais importantes, a copa, sem o mínimo para o cidadão o governo resolve investir bilhões em estádios, o Brasil precisa mesmo de eventos esportivos mundiais enquanto o povo sofre, os governantes acreditam que para o povo esta tudo bem, mas hoje os cidadãos mostram que nada anda bem.
Matéria no Ig sobre a frota de ônibus em São Paulo
  Uma matéria publicada no portal Ig no dia 16 de junho, pela agência O Estado mostra que ouve um aumento de 80% no número de passageiros de ônibus na cidade de São Paulo e uma redução da frota, vamos lá, as prefeituras repassam valores altos para as empresas, as mesmas não cumprem horários e não aumentam a frota conforme a demanda, onde anda a fiscalização municipal e estadual, não posso responder a esta questão que tanto causa estranheza.


Imagem que mostra a evolução da passagem  de acordo com a inflação e o impacto dos 20 centavos.
  Outros exemplos do motivo das manifestações que tomam conta do país e têm até mesmo apoio internacional, esta nas imagens compartilhadas no Facebook pelo Movimento Passe Livre, Rede Esgoto de Televisão, Quero o Fim da Corrupção e tantas outras, mostram que o aumento das passagens em 20 anos foram muito acima da inflação, e quem são os donos das empresas de transporte público, qual a relação deles com os governos nestas 2 décadas, bom mais uma pergunta sem resposta.
  

Comentários

Postagens mais visitadas