Evoluir.

  A evolução deve ser algo constante, ter medo de evoluir e ter medo de viver são exatamente a mesma coisa. Ideias mudam com o tempo, cada momento traz um aprendizado, ideais antes defendidos passam a ser ignorados e até mesmo tornando-se objetos de repúdio. Evoluir é ver as coisas de forma ambígua, é mergulhar nas entranhas daquele objeto de estudo, é não deixar que formem sua opinião e nem mesmo ter opiniões formadas de forma absoluta, o crescimento humano vem da percepção, do pensamento, do agir e não menos importante, da prática exaustiva.
  Ser culto não é decorar citações, mas compreender o assunto acerca de uma leitura, não é ouvir apenas música erudita nem mesmo sentir-se superior, ser culto é debater ideias, aceitar o contrário, conviver com o ambíguo, é viver sem medo de que pessoas se afastem, pessoas pensantes agradam a poucos, exatamente por não ter como objetivo agradar a ninguém, apenas nutrir sua sede por conhecimento e amadurecimento, podem se isolar por alguns momentos, mas almejam aproveitar a aurora de cada dia.
  A evolução pessoal depende de pequenos sacrifícios voluntários, afastar-se de pessoas superficiais, saber quem são as pessoas confiáveis ao seu redor e tratar muito bem aquelas que transpiram desconfiança. Muitas vezes quem almeja pelo conhecimento é visto como alguém ríspido, mas na verdade apenas pessoas superficiais o enxergam como rude, a alienação promove trocas de valores, mais vale andar com poucos e ser admirado do que tentar agradar a todos e ser apunhalado.

Comentários

  1. Da primeira letra ao último ponto final, colocou exatamente o que penso. Sem mais!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas